O PP Domina O Val Miñor E A Moção De Gondomar Só Afetou O PSOE 1
Finança

O PP Domina O Val Miñor E A Moção De Gondomar Só Afetou O PSOE

O Partido Popular recuperou o poder em Val Miñor e governará nos 3 municípios. Portanto, Alberto Valverde torna-se o novo prefeito nigranés com maioria absoluta; Jesus Vázquez Almuiña assumir seu terceiro mandato em Baiona, primeiro, sem apoio independente, e Fernando Guitián, se não houver pacto ‘antinatura’, será eleito como vereador gondomareño.

A praça mais complicada para os famosos e esta era a terceira, porém o candidato escolhido por Rafael Louzán convenceu os vizinhos e se tornou o grande vencedor das eleições municipais, obtendo 7 vereadores. O mandato turbulento marcado pela moção de censura não foi bastante para que o BNG obter e repetiu-se como segunda potência política, com 5 vereadores. Em cada caso, a vitória na margem mínima do PP prevê um novo mandato turbulento na vila condal, uma vez que nenhum dos candidatos conseguiu um triunfo que lhe permita estabelecer-se com clareza. Além do mais, a entrada em cena de 2 novos partidos abre ainda mais um contexto político que se prevê complicado.

As novidades chegam da mão do CDL, liderado pelo ex-participantes do PP como Natalia Salgueiro e Ignacio Troncoso. Ambos estavam no governo lugar até sexta-feira, porém saíram do PP ao ser excluídos por Guitián de tua listagem. Agora podem ser os que assinarem a sua investidura.

nessa segunda-feira, afirmavam que se reunirão esta semana, depois de uma “campanha eleitoral expresso” -posto que formaram a tabela a quarenta dias das eleições – pra solucionar se apoia o PP. A anedota na vila condal veio da mão-de-Falange das Jons, partido que só se apresentavam em Gondomar e Vigo, por causa de só conseguiram 29 votos, o efeito mais nanico de toda a comarca.

  • Registado: Doze abr 2015
  • Excomungado 18/07/19 14:Trinta e nove
  • o Que vai ganhar Guardiola no Bayern
  • 3 Transbordamento da água do Ebro em Tarragona, Barcelona

Alberto Valverde é o novo presidente da câmara de Faro, depois de atingir uma vitória devastadora em um município que contava com um total de 8 candidatos. O líder do PP, conseguiu um total de nove vereadores e se converte, dessa forma, no próximo governante nigranés após o mandato do socialista Efrém Juanes.

O candidato popular conseguiu arrebatar votos a todas e a cada uma das listas que tinham representação na câmara Municipal de Faro. Não foi o único partido que perdeu a representação da Corporação. Assim, o BNG baixou de três a 1 e a candidata Cristina Fernández Piñeiro será a única nacionalista no salão de plenos.