Cores Mais Vibrantes 1
Beleza

Cores Mais Vibrantes

A receita pro make-up contra o mau tempo: os pigmentos de cores vivas. Numa época de queda como esta, as cores alegres representam uma força motriz”, afirma Gato, maquiador oficial da Maybelline NY. As cores são psicológicos: encorajam ou deprimem.

Os vivos (amarelos, azuis intensos, vermelhos, rosas…) são otimistas, decididos e seguros. E podem transferir estas qualidades a quem os olha. “É Então que compensa forzarnos pouco mais e optar por tons alegres, apesar de estarmos melancólicos e não nos apeteça”, recomenda Baltasar G. Pinel, diretor artístico da MAC para a Europa. A justificativa: “Os pigmentos ousadas, despertam os sentidos e podem aprimorar o humor”, explica Ivan Prieto, maquiador da marca rituals.

Não são só pro verão, funcionam todo o ano. “São tons que relacionamos com as férias; é dessa maneira que recorrer a eles reflete positividade”, explica Paula Soroa, maquiador da Nars. O Instituto Pantone da cor aposta para o inverno por umas combinações incomuns para esta data.

A descrição é fácil: há que incentivar o consumo. “A cor é um fator chave pra ligar pros compradores. Os fortes atraem. Este ano, as corporações terão mais do que nunca, para trazer novos clientes”, diz Laurie Pressman, vice-presidente de moda, decoração e residência em Pantone. “Somar o vermelho ao amarelo, consegue efeitos rejuvenescedores, pelo motivo de, se as misturas, obtém-se um tom avermelhado que esclarece íris. O repercussão é um assistir mais jovem”, diz Yolanda López, diretora da agência Cool e salão de cabeleireiro e maquiagem de Madrid Fashion Week.

  • 1 História e origem
  • 8 A Polca paraguaia
  • dez sinais que sinalizam que a vosso grupo os une de uma amizade verdadeira
  • 3 Cantando por um sonho
  • 1 Participantes do Basketball Hall of Fame
  • Especial de passagem de Ano Zapeando ao 2017 (trinta e um de dezembro de 2016)

Os especialistas resolvem as combinações que triunfam no enxergar. Para gostos, cores. Esses são os preferidos dos nossos especialistas em maquiagem. A sombra magenta parece complicada, mas os conhecedores da adoram. “Se você utiliza só, cria um efeito elétrico”, diz Baltasar G. Pinel.

“E combinados com cinza ou preto fica muito requintado”, tércia Soroa. O melhor é a cor laranja. “Um toque na pálpebra ilumina”, detalha. Yolanda Lopes, da agência Cool, recomenda difuminarlo pra referência. Todos se rendem diante o amarelo, um tom muito funcional. “Poderá-Se pôr um pouco no canto interior do olho”, diz López. Porém existem versões mais arriscadas. “Como somar o laranja de um delineador azul marinho; o repercussão é muito glamoroso”, opina Soroa.

O verde, entretanto, não convence muito. “Se leva, porém com menos intensidade que no ano anterior”, diz López. Para o azul ciano, em compensação, sobram as propostas. “No centro da pálpebra, com uma listra branca e muita máscara”, sugere Gato.